Você é “cringe”? Geração X, Y ou Z? Identifique a geração do seu público alvo e se comunique melhor!

Público de diferentes gerações possuem interesses, costumes e hábitos diferentes. A maneira de se comunicar, consumir e se engajar também é outra. As gerações são divididas pelo ano de nascimento e, apesar de parecer óbvio, cada época tem uma característica marcante e um contexto específico. O contexto de cada geração considera os valores culturais, a economia e a maneira de se relacionar com o próximo e com as marcas.

A divisão mais recente (e a mais aceita) é a seguinte:

Baby Boomers: nascidos entre 1946 e 1964

Geração X: nascidos entre 1965 e 1980
Geração Y ou Millennial: nascidos entre 1981 e 1996
Geração Z: nascidos entre 1997 e 2010

Conhecer as características (ou estereótipos) geracionais é importante para mapear comportamentos, entender os hábitos de consumo e compreender com mais clareza o seu público. Confira algumas características de cada grupo geracional:

Baby Boomers (acima de 57 anos)

  • – Possuem esse nome em referência ao aumento no número de nascimentos de bebês após o fim da Segunda Guerra Mundial (1945).
  • – Valorizam o trabalho duro acima de tudo, pois fazem parte da geração que contribuiu para a reestruturação do mundo pós-guerra.
  • – Ocupam cargos de chefia ou de alta-liderança.
  • – Priorizam estabilidade e costumam ser aqueles que defendem trabalhar em uma única empresa durante toda a vida.
  • – Dão valor ao casamento, à compra de um carro e uma casa própria.
  • – Frequentemente têm medo da inovação.

Geração X (acima de 40 anos)

  • – Presenciaram o movimento hippie, a ascensão dos movimentos sociais, o surgimento dos primeiros computadores e cresceram sob governos rígidos.
  • – Valorização do diploma e da capacitação profissional, à medida que o mercado se tornava cada dia mais competitivo.
  • – Defendem o empreendedorismo, dão valor à liberdade e aos direitos individuais, e procuram romper com os ideais e paradigmas das gerações anteriores.

Geração Y ou Millennial (acima de 25 anos)

  • – Recebem esse nome pois eram adolescentes na virada do milênio (ano 2000 e 2001)
  • – Representam o futuro e o domínio da tecnologia.
  • – Devido aos rápidos avanços tecnológicos, os millennials são a geração que apresenta mais diferenças da geração anterior.
  • – “Geração selfie” é frequentemente criticada por ser preguiçosa, egoísta e insatisfeita.
  • – É também a geração mais criativa, mais preocupada com as causas sociais e a mais disposta a quebrar os padrões impostos pela sociedade.
  • – Em pouco tempo, esta geração vai ser a maioria no mercado de trabalho.

Para a geração Y, o relacionamento de mídia social vem antes da compra. 60% dos Millennials negociam com uma marca que seguem e 59% seguem a marca antes de fazer a compra.

Geração Z (acima de 11 anos)

  • – Extremamente conectados, pois não conhecem um mundo sem tecnologia, redes sociais ou cultura pop.
  • – Boa parte deles ainda está entrando em seus primeiros empregos.
  • – Se destacam pela repaginada dos valores e ideais que seus pais millennials romperam.
  • – Possuem maior capacidade para trabalho em grupo do que a Y.
  • – Se comunicam entre plataformas o tempo todo, usam e criam memes.
  • – Chamam as pessoas das gerações anteriores de “cringe”.
  • – Se você não sabe o que é “cringe”, provavelmente você não pertence à Geração X!

A Geração Z quer propósito e experiência, sempre, claro, se preocupando com os valores passados e defendidos pelas marcas.
Esta geração está entrando no mercado de trabalho e seu poder de compra está aumentando. Formas tradicionais de venda não cabem aqui!

Gostou do post? Acompanhe a WK3 Agência de Marketing e Publicidade e não perca nenhuma novidade.