Revolução do Mobile Marketing

O mobile marketing tem se apresentado como uma maneira de falar com o consumidor de maneira personalizada, onde quer que ele esteja. O mobile vai muito além dos telefones celulares e aparelhos como computadores de bolso (DPA), plataformas de jogos (PSP, Nintendo), ipad, kindle têm revolucionado a maneira como as marcas se relacionam com seus clientes, justamente por ser o caminho mais curto.

Estudo realizado pela Return Path, intitulado “Email em movimento: Dispositivos Móveis Liderando a Revolução do Email” concluiu que a leitura de e-mails em plataformas móveis vai ser maior que desktop e webmail de forma global ainda em 2012, o que significa que as pessoas estão usando os smartphones e tablets, afastando-se dos PC’s e desktops.

Muitos profissionais de marketing ainda não pensaram em suas estratégias mobile. No Brasil não faltam profissionais criativos com conhecimento técnico, nem clientes com aparelhos em mãos, porém o mercado ainda precisa evoluir e as empresas precisam perceber a força desse canal e investir em campanha de app para mobile.

As vantagens do mobile são inúmeras, uma vez que os usuários mantêm seus aparelhos sempre por perto e então se comunicam com as marcas mais frequentemente. É a maneira de alcançar seus usuários sem restrições de ambiente físico, horário, com rapidez na conexão com o receptor da mensagem e sem dispersão de sua atenção.

Alguns dados importantes:

– 30% dos celulares no Brasil são smartphones.
– 50% dos celulares nos Estados Unidos são smartphones.
– 63% dos Americanos e 41 % dos Europeus poderiam tanto fechar como apagar um e-mail não otimizado para o mobile.
– 29% dos Europeus leriam os emails mais tarde no laptop ou no PC, mas 41% apagariam ou esqueceriam o e-mail.
– De todas as aberturas mobile, somente 2,39% abririam o e-mail tanto no desktop quanto em um dispositivo móvel.
– 56% dos consumidores americanos que compraram ao menos uma vez usando seu smartphone foram estimulados por uma mensagem publicitária entregue em um email móvel.