Redes sociais em 2013

Dificilmente quem possui um smartphone não tem instalado seus aplicativos para redes sociais. Muitos aparelhos já vem com a funcionalidade instalada para que o usuário já comece utilizando.

Para os próximos e tão rápidos avanços tecnológicos, o relacionamento eficiente entre as pessoas e seus smartphones trás também certa dependência, uma vez que muitas informações, dados, cartões de banco, de transporte, de embarque de companhias aéreas estão sendo disponibilizados pelo smartphone. Essa dependência promete aumentar, facilitando a vida de muitos, mas trazendo consigo alguns prejuízos.

O “celular carteira” está substituindo as carteiras físicas, mas as substituições não param por aí, cada vez mais aspectos da nossa vida poderão ser controlados a partir dos nossos celulares em 2013.

Com esta mudança, é importante que as empresas se atualizem e se preparem para o potencial das redes sociais aliadas aos smartphones, caso contrário, podem passar a oferecer um produto irrelevante.

Especialistas listaram mais algumas tendências para 2013 em relação a redes sociais e smartphones.

O anúncios no celular crescerão potencialmente, uma vez que mais de 10% do tempo total dos consumidores é gasto em smartphones. Atualmente a propaganda e exibição de anúncios nos celulares é muito baixa, mas se a previsão estiver certa, em breve teremos reclamações por parte dos usuários devido aos anúncios invasivos.

A circulação de notícias já tem uma fonte diferente do que os jornais e revistas. Atualmente e cada vez mais, as informações são originadas de smartphones, veiculadas nas redes sociais e consumidas assim que produzidas.

Live blogs estão ficando cada vez mais frequentes para notícias e eventos esportivos, mas os jovens, em particular, estão cada vez mais ignorando os sites tradicionais e obtendo suas notícias diretamente dos links em suas redes sociais.