Hotsite de Natal

Com as festas se aproximando, os lojistas já começam a trabalhar para o momento mais aguardado e lucrativo do ano. As compras de Natal movimentam o mercado mundial e aproveitar o apelo da data para alcançar picos de venda é uma estratégia de muitos lojistas. No e-commerce, o hotsite é a melhor opção para divulgação da marca e dos produtos, no entanto, não é apenas o visual natalino que conta, muitos fatores devem ser observados.

A funcionalidade do hotsite merece uma atenção especial. Nesta época do ano, o volume de compras das pessoas aumenta e a demanda por praticidade segue o mesmo ritmo. Apresentar novas categorias que facilitem ainda mais a dinâmica e ofereçam ideias sobre com o que presentear é uma ótima estratégia. Ao invés de categorizar por tipo de produto, como é usual, uma alternativa é fazer a separação por idade e gênero. Deste modo, é possível definir uma área com artigos para homens, mulheres, jovens e crianças, por exemplo. Além de ser uma maneira diferente de expor os objetos, ela facilita a compra, pois os exibe de acordo com o perfil desejado.

Uma dúvida comum na hora de montar um hotsite é saber quais mercadorias devem ter mais destaque. Uma boa dica que pode ajudar a resolver este problema é ficar atento às pesquisas que indicam quanto deve ser o gasto médio com os presentes de Natal. Algumas delas até identificam quais são os itens mais desejados nesta época do ano. Junte a esses dois fatores a sua experiência como lojista e identifique quais são os produtos mais demandados em cada categoria do seu e-commerce.

A essência de todo hotsite natalino é o visual. Apesar do design sozinho não ser o suficiente para aumentar as vendas, ele é essencial para despertar o interesse do consumidor. Da mesma maneira que as lojas físicas investem em decoração, os e-commerces devem aderir a uma aparência que combine com a data. Destacar as imagens dos produtos também é importante.