Potencial do aplicativo mobile!

Um em cada quatro habitantes acessam internet pelo celular e 82% dos donos desses aparelhos os utilizam no trabalho. Recursos inovadores e um novo aplicativo cada vez mais criativo que o anterior exige que as empresas repensem a forma como entregam informações a esses usuários.

A Azul Linhas Aéreas acaba de lançar aplicativo inédito para Windows 8. Em parceria com a Microsoft, a companhia oferecerá aos Clientes um software para consultar as chegadas e partidas dos voos em tempo real.

A ferramenta permite aos usuários consultar de forma fácil e rápida os voos, mostrando pousos e decolagens que estão acontecendo. Basta digitar o número do voo ou o destino desejado e acompanhar as informações que deseja.

“A ideia deste aplicativo surgiu para unir o útil ao agradável. Aproveitamos a inovação da Microsoft no Windows 8 e vimos a oportunidade de criar um aplicativo diferenciado, que levasse ao cliente ainda mais comodidade em sua consulta de horário de voo, reforçando a marca registrada da Azul de inovar sempre,” diz Kleber Linhares, Diretor de TI.

Aqueles que tiverem celular equipado com o aplicativo “The Pope” vão receber, literalmente, um sinal de fumaça anunciando que um novo líder da igreja católica foi escolhido. Lançado no fim de janeiro deste ano, “The Pope App” irá disponibilizar ao usuário a oportunidade de acompanhar, ao vivo, quando a fumaça branca sair da chaminé da Capela Sistina, anunciando a escolha do novo papa. A inserção do Vaticano nas mídias digitais foi uma das lutas do Papa Bento XVI, que pegou o mundo de surpresa ao anunciar na segunda-feira, 11, que deixaria o cargo no dia 28 de fevereiro.

Aplicativos para tablets e smartphones fazem com que os celulares façam muito mais do que fazer ligações e mandar mensagens. O desenvolvimento de aplicativo para celular cresce ano a ano e pipocam empresas especializadas no mercado. Já os aparelhos, incluindo alguns mais populares, dispõem de bom espaço de armazenamento de aplicativos e também de processadores capazes de executá-los de forma satisfatória.

Para as empresas, vale lembrar que é preciso que seja feito um planejamento de como levar seus sistemas para o mundo móvel. Não basta apenas produzir novas versões de suas aplicações, é necessário repensar conteúdo e forma: o que será entregue e como essa entrega será arquitetada.