Ação de marketing criativa. Veja o vídeo!

O marketing gerencia as operações e a resposta que um produto/empresa tem de seus clientes e avalia, constantemente, a melhor forma de vender, entregar e apresentar um determinado produto ou serviço. Portanto, a criatividade é muito importante dentro do marketing, não só para sair de situações difíceis ou inventar algo surpreendente em um produto ou serviço, mas também para saber a melhor forma de preparar este produto para ser vendido e qual a melhor proposta de divulgação deve ser elaborada.

Como chamar a atenção de seu público? Fazer algo inovador e criativo é sempre uma boa forma. A CCBU, escola de idiomas localizada em Goiânia, resolveu optar por essa linha de raciocínio e fez uma ação para lá de diferente na cidade.

A ideia básica da propaganda é chamar, capturar a sua atenção e, em seguida, passar o recado de preferência rapidamente. Só que para chamar a atenção está se tornando cada vez mais difícil pela multiplicidade de apelos, pela “gritaria”, auditiva e visual, que somos submetidos. E quanto mais “gritam”, mais somos seletivos.

Aliás, esta é uma das razões pelas quais dizem que, em pouco tempo, teremos empresas comprando a nossa atenção, pois a atenção torna-se um dos bens mais procurados pelas empresas e mais raros de serem encontrados.

Para divulgar a sua marca e a importância de saber falar inglês, a empresa montou uma ação de marketing dentro de uma sala de cinema. Nela, antes de começar o filme, foi apresentado um trailer na telona onde, no meio dela, a legenda desaparece propositalmente.

As pessoas que conseguiram entender a mensagem sem legendas e seguiram as orientações do trailer – ficando de pé na frente da telona – ganhavam um ano de cinema grátis. A intenção era divulgar o curso mostrando a importância de entender outro idioma. No vídeo ainda é destacado: “As grandes oportunidades não virão com legendas”. Assista abaixo:

A elaboração dessa ação de marketing teve inspiração no case de uma empresa peruana. A empresa aproveitou que a maioria dos peruanos não tem fluência em inglês e criou para a escola de idiomas English Excellence uma ação simples, barata e eficiente para atingir seu objetivo em divulgar a marca. A ação brincou com a dependência excessiva do público das legendas e provou na prática que as pessoas fazem de tudo para continuar lendo o que se passa na tela, até serem pegas de surpresa acompanhando a legenda que estava sendo projetada no teto da sala de cinema, impossibilitando ver o filme e ler a legenda ao mesmo tempo.