8 erros de estratégia de marca nas redes sociais


8 erros de estratégia de marca nas redes sociais

Desde que as redes sociais tornaram-se a atividade online mais popular, as empresas passaram a tentar ingressar nesse meio em busca de audiência. Mas, o fato de abrir uma conta e tuitar uma coisa ou outra não é o bastante para tornar uma das inúmeras plataformas que vem surgindo parte de uma estratégia de marketing viável e lucrativa.Confira alguns erros básicos que você deve evitar para aumentar o ROI do seu negócio nas redes socais mais utilizadas pelos usuários de internet:Facebook

1. Não utilizar imagens
Estimulação visual é uma das chaves principais de engajamento, por isso é preciso que a comunicação supere o texto e se faça também através de imagens. O recurso pode e deve ser utilizado recorrentemente, mas não é recomendável polarizar a timeline com ele, principalmente porque outras redes sociais como Instagram e o Pinterest, voltadas exclusivamente para este segmento, j se encarregam disso. O ideal´no Facebook é investir na combinação “imagem + texto”.

 2. Não interagir com seguidores

Responder postagens, agradecer comentários e encaminhar críticas fazem com que público se sinta mais conectado à marca. Além disso, é importante ter uma estratégia pré-definida para lidar com comentários, sejam eles positivos ou negativos.


Twitter

3. Não utilizar imagens

Tuítes com imagem têm engajamento duas vezes maior do que os tuítes com apenas texto. Nem sempre elas são apropriadas, já que desviam o foco da comunicação em 140 caracteres, mas é importante que a marca as utilize uma vez ou outra para chamar a atenção para sua mensagem.

4. Não aproveitar as hashtags

Hashtags são uma ótima maneira para as marcas se inserirem em conversas e trending topics, além de duplicar o engajamento. Utilizá-las da forma correta ajuda a encontrar o público-alvo, atingir não seguidores e aumentar a influência da marca.

Google Plus

5. Não utilizar a plataforma

O Goolge Plus é integrado diretamente com resultados de busca do Google, tornando os perfis uma parte integral de qualquer estratégia de SEO ou marketing digital.

6. Não utilizar círculos ou comunidades
Os círculos do Google Plus permitem segmentar os seguidores em grupos e administrar cada um separadamente com conteúdo único. Assim, é possível criar posts específicos de acordo com as preferências de cada comunidade.

Instagram

7. Não utilizar hashtags de forma efetiva

As hashtags permitem que as pessoas filtrem o conteúdo, ou seja, elas não querem ver posts não relacionados ao que elas buscaram. As marcas devem utilizar essa ferramenta de forma moderada e em concordância com as preferências de seu público.

8. Não fornecer o conteúdo que os usuários desejam

Em vez de postar anúncios que podem ser divulgados em qualquer outra plataforma, utilize o Instagram para postar fotos dos bastidores, fornecendo um insight da marca. Assim, a empresa mantém a mensagem que quer transmitir e ainda faz com que os usuários sintam-se conectados pessoalmente com a marca.

A Smart WK3 desenvolve soluções com foco em resultados, avaliando quais funcionalidades ou informações ajudarão sua empresa a se destacar na web.

Criamos estratégias direcionadas às redes sociais, pensadas e planejadas de acordo com os anseios de sua marca e interesses de seus clientes.