1º de abril – Dia da Mentira

O Dia da Mentira, também conhecido como Dia dos Bobos, é celebrado no dia 1º de abril e é uma data onde as pessoas contam mentiras e pregam peças em seus conhecidos por pura diversão. Há muitas explicações para que o 1º de abril fosse transformado no Dia da Mentira, sendo a mais verossímil delas que a brincadeira teria surgido na França, no século XVI.http://www.wk3.com.br/blog/wp-includes/js/tinymce/plugins/wordpress/img/trans.gif

Nessa época o Ano Novo era comemorado em 25 de março, com a chegada da primavera na Europa. As festas, que incluíam troca de presentes e animados bailes noite adentro, duravam uma semana, terminando em 1º de abril. Em 1562, porém, o papa Gregório XIII (1502-1585) instituiu um novo calendário para todo o mundo cristão – o chamado calendário gregoriano – em que o ano-novo caía em 1º de janeiro. O rei francês só seguiu o decreto papal dois anos depois, em 1564, e, mesmo assim, os franceses que resistiram à mudança, ou a ignoraram ou a esqueceram, mantiveram a comemoração na antiga data. Muitos conservadores, adeptos do calendário anterior começaram a ser ridicularizados e apelidados de “bobos de abril”. Presentes estranhos e convites para festas inexistentes começaram a surgir destinados à eles. Com o tempo, a galhofa firmou-se em todo o país, de onde, cerca de 200 anos depois, migrou para a Inglaterra e daí para o mundo.

– Em países de língua inglesa o Dia da Mentira costuma ser conhecido como April Fools’ Day, “Dia dos Tolos de Abril”;

– Na Itália e na França ele é chamado respectivamente pesce d’aprile e poisson d’avril, que literalmentequer dizer, “peixe de abril”.

– No Brasil, o primeiro de abril começou a ser difundido em Minas Gerais, onde circulou “A Mentira”, um jornal lançado em 1º de abril de 1828 que trazia como manchete de sua primeira edição a notícia do falecimento de Dom Pedro, desmentida no dia seguinte. Com a repercussão do periódico, a data passou a ser difundida e “celebrada” em todo o país.

– O boneco Pinóquio, criado pelos estúdios Disney é uma das figuras desta data. No desenho animado, ao contar uma mentira, o nariz do menino de madeira crescia, por isso o nariz grande tornou-se um dos símbolos mais usados para representar os mentirosos até hoje.

– Há alguns anos sites importantes como Google e redes sociais famosas têm entrado na brincadeira e ‘pego’ muita gente com as inverdades disseminadas na rede. O Google, em 2013 por exemplo, começou o Dia da Mentira postando uma vaga de emprego de “autocompletador”. “Todos os dias, as pessoas digitam mais de 1 bilhão de buscas no Google esperando que o site antecipe o que eles estão procurando. Para melhorar o serviço, precisamos da sua ajuda”, dizia a descrição da vaga.

– Já a rede profissional LinkedIn também elaborou uma piada para o dia 1º de abril. Ao acessar o site, o usuário deveria clicar em “Contatos”, “Adicionar conexões” e escolher entre “Pessoas que você pode conhecer”. Na lista falsa apareciam nomes como Robin Hood, Albert Einstein e Sherlock Holmes.